Senado adia votação de PEC que amplia Auxílio Brasil, vale-gás e cria benefício para caminhoneiros

Fonte: BAHIA.BA

Pacote social tem custo estimado em R$ 38,7 bilhões

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), decidiu a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estava prevista em sessão para esta quarta-feira (29). A proposta busca, entre outros pontos, ampliar temporariamente o Auxílio Brasil, o vale-gás, e cria um voucher a ser pago a caminhoneiros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Senadores defenderam que o relatório de Bezerra só foi apresentado na manhã desta quarta-feira (29) e solicitaram mais tempo para analisar o parecer. Após pedido de vários parlamentares, Pacheco adiou a votação para esta quinta-feira (30).

Originalmente, a “PEC dos Combustíveis” previa uma compensação a estados que desonerassem os combustíveis. Mas, diante de dúvidas sobre a efetividade da medida, o relator Fernando Bezerra (MDB-PE) apresentou um substitutivo, uma nova versão do texto, que prevê um conjunto de benefícios sociais.