Morre quarta pessoa em ação da PM na região onde soldados foram executados

Fonte: Correio24horas

Tiroteio no bairro de Águas Claras teria causado morte de Anderson Pinho de Santos

No bairro de Águas Claras, em Salvador, na madrugada desta quarta-feira (11) foi morto Anderson Pinho de Santos, durante ação da Polícia Militar na região. A PM não detalhou se Anderson era suspeito de envolvimento na morte dos soldados na noite da última segunda (9).

Essa é a quarta morte após os assassinatos dos soldados Victor Vieira Ferreira Cruz e Shanderson Lopes Ferreira, que voltavam do enterro do colega Alexandre José Ferreira Menezes Silva. Um suspeito de envolvimento morreu na Boca da Mata, na noite de segunda-feira, e outros dois morreram pela manhã, em Valéria.

Segundo a PM, Anderson Pinho de Santos estava com um grupo de homens armados na localidade Vietnã, em Águas Claras, quando foi avistado por guarnições da Rondesp Central. O grupo teria atirado contra os agentes, que revidaram.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Depois da troca de tiros, os policiais militares teriam adentrado a localidade e encontrado um homem ferido, sendo prestado socorro para o hospital, onde não resistiu. Outro suspeito foi preso.

Da operação, foram apreendidos um revólver, 54 pinos de cocaína, cinco pedras de crack e duas trouxinhas de maconha. A ocorrência foi registrada na Corregedoria da Polícia Militar.

O policiamento nas regiões de Cajazeiras, Águas Claras e Boca da Mata está reforçado. A 3ª Companhia Independente da Policia Militar (3ªCIPM) está em alerta nas regiões.