Papa-títulos: Paulinho celebra o 3º título estadual consecutivo: ‘Alegria imensa’

Fonte: Bahia Notícias

De volta ao Carcará, ele ajudou no bicampeonato, inclusive marcando o gol que fechou o placar da vitória

O lateral-direito Paulinho levantou as três últimas taças das competições profissionais do futebol baiano. No ano passado, ele conquistou os títulos da Série A do Baiano com o Atlético de Alagoinhas e da Série B com o Barcelona de Ilhéus. De volta ao Carcará, ele ajudou no bicampeonato, inclusive marcando o gol que fechou o placar da vitória sobre o Jacuipense por 2 a 0, neste domingo (10), pelo jogo de volta da final.

“É gratificante a alegria. Chegar três vezes numa final, buscar o bicampeonato com um time do interior, porque a gente sabe o que passamos. É muito sofrido, chegar na final por três anos consecutivos. Fui campeão no ano passado pelo Atlético, desci para jogar no Barcelona em, graças a Deus, fui campeão também. Agora retorno ao Atlético campeão. É uma alegria imensa, não tem explicação”, comemorou em entrevista à TVE Bahia.

Para estar em campo, Paulinho precisou superar as dores. Para ser escalado neste domingo, ele tratou do problema no músculo adutor da coxa ao longo da semana. Já durante a partida ainda sofreu um impacto no joelho, mas foi para o sacrifício e seguiu no gramado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Só Deus sabe as dores que estou sentindo. Estou com uma dor no adutor que vinha tratando durante a semana. Teve uma jogada no meio-campo que o cara caiu em cima do meu joelho, mas é futebol. Falei que não ia sair, iria até o final e Deus me coroou com um gol no final. Estou muito feliz”, finalizou.

Paulinho retornou ao Atlético de Alagoinhas em 2020 e participou da campanha do vice-campeonato baiano daquele ano. Na temporada anterior, ele defendeu o Jacuipense.

Após a conquista do Baianão, o Atlético de Alagoinhas se prepara para a disputa da Série D do Brasileiro. Integrante do grupo A4, o Carcará estreia no próximo domingo (17), às 16h, contra o ASA-AL, fora de casa, no Fumeirão.