Polícia Civil investiga agressão entre vereadores de Acajutiba

Fonte: G1- Bahia

Confusão começou depois que presidente da casa tentou fazer eleição da mesa diretora apenas com membros da própria chapa

A Polícia Civil investiga a agressão do vereador José Edson Dias (MDB) ao presidente da Câmara de Acajutiba, cidade que fica a cerca de 185 km de Salvador, durante uma sessão realizada na noite de quarta-feira (7).

Reginaldo Neres (PSD) tomou tapas depois de decidir fazer a eleição da mesa diretora apenas com membros da própria chapa, o que provocou confusão. A assessoria jurídica da casa informou que a eleição obedeceu todas as normas legais, e que apenas uma chapa foi registrada dentro do prazo.

A mesa diretora registrou boletim de ocorrência e a Polícia Civil já fez a perícia. O inquérito do caso está em andamento e, quando for concluído, será encaminhado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), que avaliará se oferece denúncia.

Confusão

A confusão começou porque, depois de anunciar que faria a eleição apenas com membros da própria chapa, Neres foi questionado por um dos vereadores e respondeu que não poderia fazer nada a respeito. Em seguida, ele pediu respeito pela decisão, o que revoltou os outros integrantes da casa.

Então, José Edson Dias (MDB), foi até o plenário, pegou documentos, rasgou papéis e acabou desferindo tapas contra o presidente da Câmara, que revidou e o empurrou.

O que diz José Edson Dias?

Vereador agride presidente de Câmara na BA durante sessão — Foto: Arquivo pessoal

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O vereador informou que consta, no dia 27 de outubro de 2021, que duas chapas estavam protocoladas para concorrer à presidência da Câmara, e que vendo que a disputa estava perdida, Reginaldo Neres não colocou em votação o cargo maior da casa.

De acordo com o vereador, ele exigiu o cumprimento do regime interno e a disputa da eleição. Segundo José Edson Dias, o presidente fez a votação da Mesa Diretora apenas com a chapa dele e não colocou a concorrente em disputa.

O que diz a Câmara de Vereadores?

Vereador agride presidente de Câmara na BA durante sessão — Foto: Arquivo pessoal

A Câmara de Vereadores Acajutiba informou que a sessão Legislativa da última quarta-feira (6), quando foi registrada a confusão, cumpriu todas as regras, já que houve publicação de edital de convocação no diário oficial eletrônico da Câmara, além de o anúncio ter sido afixado no Mural da Transparência.

De acordo com a Câmara, iniciado o prazo de inscrição das chapas, houve apenas uma inscrição, chapa 1 composta pelos seguintes vereadores: presidente – Reginaldo Rodrigues Neres; vice-presidente – Anselmo Oliveira; 1) secretário João Neto; 2) secretário Alberto Soares. Com isso, foi certificado o registro de apenas uma chapa.

A Câmara afirmou que iniciada a sessão, dois vereadores votaram a favor da Chapa 1, e quando o terceiro iria votar, houve a interrupção por parte do Vereador José Edson, que cobrou a suposta violação da publicação do edital.

A casa afirmou ainda que os vereadores José Edson e Silvio dos Santos passaram a agredir o Presidente da Câmara e destruir microfones, mesas e cadeiras. A Polícia Militar foi acionada e separou a briga. A Mesa Diretora informou que registrou boletim de ocorrência e que a Polícia Civil fez perícia no local.

Afirmou ainda que vai avaliar a abertura de Comissão Processante por causa da quebra de decoro parlamentar e dano ao patrimônio público.