Médicos enfrentam falta de pagamento e incertezas quanto ao trabalho no Hospital Dantas Bião

Fonte: Alta Pressão

De acordo com o Sindimed-BA, existe por parte da Sesab uma indefinição sobre a nova contratação de empresa para a administração dos serviços no hospital

Os médicos do Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas, estão com pagamento em atraso e sem definição de como ficará a situação do trabalho na unidade. Dentro de dez dias, vence o pagamento de mais um mês de prestação de serviços. Em decorrência da situação de incerteza e precariedade enfrentada, estão sendo atendidas no hospital apenas as fichas amarelas e vermelhas, casos de maior gravidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Existe por parte da Sesab uma indefinição sobre a nova contratação de empresa para a administração dos serviços no hospital. A expectativa é de que o trabalho médico que está sendo realizado neste momento seja pago por meio do IBDH, última empresa contratada para o gerenciamento no local, já que não houve a celebração de novo acordo. Nessa situação excepcional, a empresa deve receber por um dispositivo de indenização e remunerar os profissionais. Mas o IBDH, por sua vez, alega que não está recebendo da Sesab os valores.

“A situação de precariedade que pode ser vista atualmente no Dantas Bião é um desrespeito da Sesab aos médicos e aos pacientes. O Hospital é referência, acolhendo pessoas oriundas de diversas localidades da região. Não é possível que um hospital fique, por tanto tempo, sem resolução quanto a questões essenciais para seu funcionamento”, afirma a presidente do Sindimed-BA, Dra. Ana Rita de Luna Freire.