Sindicato dos Postos de Combustíveis da BA e Sefaz discutem possibilidade de redução no preço da gasolina no estado

Fonte: G1 Bahia

Valor do combustível teve quinta alta do ano autorizada no sábado. Em Porto Seguro, produto chegou a R$ 8,55.

O preço da gasolina chegou a R$ 7,99 na capital baiana após o quinto aumento autorizado apenas no ano de 2022. O valor do combustível teve alta no sábado (5), quando ainda podia ser encontrado entre R$ 7,39 e R$ 7,89.

O presidente do Sindicato dos Postos de Combustíveis, Walter Tannus, disse que uma reunião com a secretária estadual da Fazenda está prevista para esta segunda-feira (7). Walter espera que o resultado do encontro seja redução imediata de 50 centavos no produto.

Segundo o sindicato, a Refinaria de Mataripe faz a distribuição da gasolina para 95% dos postos do estado. De acordo com o órgão, hoje a empresa cobra 95 centavos a mais na distribuição do litro do combustível, quando comparada com outras refinarias do país.

O novo aumento tem assustado os moradores da capital baiana. A presidente da Associação de Transporte Escolar, Isabel Meneses, trabalha no ramo há 21 anos e afirma que este é o pior momento enfrentado pela profissão, que precisa do combustível para trabalhar.

Gasolina chega a R$ 7,99 em Salvador — Foto: TV Bahia

“Em fevereiro, para eu conseguir trabalhar o mês todo, gastei R$ 2.800. Esse mês de março, pelo levantamento que fiz com o valor atual da gasolina, devo gastar R$ 3.860, mil reais a mais. Isso é um peso absurdo no trabalho e não tem jeito, eu vou ter que repassar esse aumento para os pais”, explica.

A supervisora de RH, Jaqueline Freitas, planeja mudar de cidade por causa do preço do combustível. Diariamente, o marido percorre 27 km do bairro do Uruguai, em Salvador, até o trabalho em Lauro de Freitas.

Enquanto a mudança não é feita, o companheiro da supervisora tem preferido passar os dias úteis longe de casa para diminuir os gastos com o combustível.

Segundo o sindicato, a Refinaria de Mataripe faz a distribuição da gasolina para 95% dos postos do estado — Foto: TV Bahia

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Para economizar, ele tem dormido na obra. As vezes ele vai na segunda-feira com o carro, passa a semana e volta na sexta-feira para Salvador. Mas desse jeito está difícil”, conta.

Combustível em outras cidades

No sul da Bahia, em Porto Seguro, combustível passou de R$ 8. — Foto: TV Bahia

Apesar do aumento no preço da gasolina, Salvador não é a cidade baiana onde o combustível está mais caro. Em Porto Seguro, no sul da Bahia, o produto chegou a R$ 8,55.

Porém, em capitais que costumam ter custos de vida mais elevados, como São Paulo e Rio de Janeiro, o preço da gasolina está mais barato do que o encontrado nos postos de Salvador.

Enquanto na capital baiana o preço médio do combustível é de R$ 7,33 a R$ 7,89, no Rio de Janeiro a média fica entre R$ 6,59 e R$ 7,69. Já em São Paulo, a gasolina pode ser achada entre R$ 5,69 e R$ 7,59.

Em Brasília, a gasolina está entre R$ 6,19 e 7,04; em Recife, o combustível pode ser encontrado entre R$ 6,17 e R$ 6,79; e em Porto Alegre, a média fica entre R$ 6,06 e R$ 6,49.

Para o presidente do Sindicato dos Postos de Combustíveis da Bahia, a assembleia legislativa e o poder executivo precisam participar mais da discussão em relação ao valor cobrado pelo combustível.

A preocupação com o preço do produto também está relacionado aos trabalhadores do setor. Hoje, o ramo emprega 45 mil trabalhadores na Bahia, porém, nos últimos dois anos, 7 mil foram demitidos.