Procurador da Câmara de Vereadores é morto a tiros no norte da BA; vítima foi baleada em frente ao local de trabalho

Fonte: G1 Bahia

Lucimário Queiroz estava na companhia de uma mulher, que também foi baleada e não corre risco de morte. Suspeito aguardava vítima sair do local, atirou e fugiu em seguida.

O procurador da Câmara Municipal de Saúde, no norte da Bahia, Lucimário Queiroz, foi morto a tiros na frente da casa legislativa, na segunda-feira (14).

Segundo informações da Polícia Militar, um homem aguardava o advogado sair do local de trabalho, e atirou contra ele. O suspeito fugiu em seguida. O telefone celular do advogado também foi levado.

A vítima tinha 36 anos. Uma mulher que estava na companhia de Luciano foi atingida na perna e não corre risco de morte. Ainda não há informações sobre a autoria ou o que pode ter motivado o crime.

A diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Jacobina divulgou uma nota de pesar pela morte do profissional. A instituição classificou o ato como uma perda irreparável não só para a advocacia, mas para todo o sistema de Justiça e a sociedade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Lucimário foi um colega muito digno, acolhedor e fraterno com todos nós e a OAB fará todos os esforços para que esta manifestação inaceitável de violência não fique impune e exigirá uma ação rápida e enérgica das autoridades”, diz trecho da publicação.

A OAB acrescentou que está empenhada no auxílio às autoridades para que o suspeito seja preso e julgado. A entidade decretou luto de três dias pela morte do advogado. A prefeitura de Saúde também divulgou uma nota nas redes sociais sobre a morte de Lucimário.

O caso foi registrado na delegacia da cidade. A Polícia Civil informou que testemunhas serão ouvidas e imagens de câmeras de segurança da Câmara serão utilizadas na tentativa de identificar o criminoso.

Prefeitura Municipal de Saúde publicou nota de pesar pela morte do advogado Lucimário Queiroz — Foto: Reprodução/Redes Sociais