Após aumento do número de casos de Covid-19, Bahia terá redução de público em eventos e novas restrições

Fonte: G1-BA

Governador Rui Costa anunciou na manhã desta segunda-feira (10) que decreto que estabelece normas para a realização de eventos com a presença de público será atualizado.

Após o aumento do número de casos de Covid-19 no estado, a Bahia terá uma redução de público em eventos. Atualmente, é permitida a presença de até 5 mil pessoas em eventos no estado. O Ceará tomou medida semelhante na semana passada.

O novo número permitido ainda não foi anunciado, mas de acordo com o governador Rui Costa, novas medidas restritivas serão divulgadas após uma reunião nesta segunda-feira (10).

A redução da capacidade máxima de público em eventos em todo o estado será uma delas. No entanto, o governador só deve divulgar a nova capacidade máxima permitida para eventos após a reunião desta segunda.

“Passamos de 4 mil casos ativos. Em dezembro, esse número estava próximo de 2 mil. Por isso, precisamos estabelecer novos parâmetros e novas restrições. Vamos ter que restringir, pois os números dispararam e são 300 pessoas internadas em UTI. O Brasil vive um novo surto e vamos ter que dar um passo atrás”, anunciou durante um evento na manhã desta segunda-feira, na capital baiana.

Na última semana, o prefeito de Salvador Bruno Reis já havia comentado a possibilidade de novas medidas restritivas após o aumento do número de casos de contaminados na cidade.

“”Caso seja necessário, teremos que adotar essas medidas, mas vamos aguardar os próximos dias para tomar uma decisão. Essa é uma decisão que cabe ao governo do estado, mas a prefeitura sempre que é consultada, vocês tem visto minha cautela”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O decreto estadual que estabelece essas normas será atualizado e terá uma nova versão publicada no Diário Oficial desta terça-feira (11). Segundo o governador, as mudanças são necessárias diante do crescimento acelerado de novos casos de Covid-19.

Aumento de casos cancela eventos em Salvador e região

Biergaten antes da pandemia da Covid-19 — Foto: Reprodução / Redes Sociais

O aumento de casos de infectados com Covid-19 fez com que shows marcados para o início de janeiro, em Salvador, fossem cancelados ou adiados. Alguns eventos tiveram atrações modificadas após artistas testarem positivo para a doença.

Atualmente a Bahia, que não vai ter carnaval de rua em 2022, permite a realização de eventos com até 5 mil pessoas.

Entre o final de dezembro e o início deste ano alguns artistas como Xanddy (já recuperado), Caetano Veloso, Márcio Victor, Margareth Menezes, Durval Lelys e Tuca Fernandes testaram positivo para Covid-19.