Homem é preso na BA suspeito de envolvimento na morte de adolescente espanhola; corpo foi achado com marcas de estupro

Fonte: G1 Bahia

Nayra Gatti, de 14 anos, foi encontrada morta em dezembro do ano passado em Caraíva, distrito turístico de Porto Seguro. Suspeito foi preso após Justiça acatar pedido de prisão temporária.

Um homem suspeito de envolvimento na morte da adolescente espanhola, Nayra Gatti, 14 anos, em Caraíva, distrito turístico de Porto Seguro, no sul da Bahia, foi preso nesta quinta-feira (6). O corpo da vítima foi encontrado com lesões causadas por um estupro, no início de dezembro do ano passado no mesmo distrito.

Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito foi preso após o Poder Judiciário acatar o pedido de prisão temporária feito pela 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Eunápolis).

A prisão foi solicitada depois da Polícia Civil teve acesso aos áudios deixados por outro homem – também investigado -, que se suicidou na quarta-feira (5).

A polícia informou que na declaração, o homem afirmava que o suspeito preso nesta quinta bebia e usava entorpecentes próximo à garota, antes do crime.

“No áudio, ele diz o nome do suposto autor. Em parceria com a PM, conseguimos localizar o homem e interrogá-lo. O Departamento de Polícia Técnica também colheu o material genético dele para averiguação, e representamos pela prisão, que foi concedida pelo Plantão Judiciário”, disse o coordenador da 23ª Coorpin, delegado Moisés Damasceno.

Conforme relatou o delegado, o homem se apresentou na delegacia acompanhado de advogados logo após a decisão da Justiça.

“Antes de tirar a própria vida, ele negou qualquer envolvimento e aceitou fornecer o material genético para ser comparado com o que foi coletado na vítima. Ele levantou suspeitas da polícia após sair do distrito no mesmo dia que o corpo da jovem foi encontrado, como se estivesse fugindo”, explicou o delegado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o delegado, a polícia aguarda o resultado dos exames para confirmar a participação do homem no crime. O preso segue custodiado na delegacia e será encaminhado para o Sistema Prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A polícia não detalhou se os suspeitos conheciam a vítima ou se tinham alguma relação familiar.

Repercussão

Giselle Itié posta foto e lamenta morte de adolescente espanhola em distrito turístico do sul da Bahia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em 16 de dezembro, a atriz Giselle Itié fez uma postagem nas redes sociais, com fotos ao lado Nayra e lamentou a morte da adolescente. Ainda por meio das redes sociais, a atriz não detalhou a relação que tinha com a adolescente, mas se mostrou muito próxima a ela e a irmã de Nayra.

No dia 17 de dezembro, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) solicitou à Justiça que determinasse, em caráter liminar, a suspensão do poder familiar dos pais da irmã da adolescente.

No mesmo dia, em Caraíva, um grupo se uniu para protestar contra a morte e para pedir justiça, além de celeridade nas investigações.

Com cartazes, os manifestantes se reuniram à beira do Rio Caraíva e fizeram uma caminhada até a praça da igreja, onde fizeram orações. Participaram do ato, amigos, colegas do jiu-jitsu, esporte praticado pela jovem em uma ONG, e o pai de Nayra.

Grupo durante protesto contra a morte de Nayra em Caraíva — Foto: Reprodução