Simões Filho: policiais salvam vida de bebê de dois anos que sufocou após engolir objeto

Fonte: Correio24horas

Caso aconteceu em condomínio de casas de Simões Filho

Na noite de terça-feira (4), um grande susto seguido de um final feliz aconteceu para uma família na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador. Em ronda pelas ruas, o tenente Lira e o soldado Pires da Polícia Militar estavam próximos a um condomínio de casas na localidade da Via Universitária, quando receberam chamados desesperados do porteiro. Uma bebê de dois anos estava com dificuldade respiratória após ter se engasgado com um objeto não identificado.

Em pânico, os familiares já haviam tentado remover o objeto das vias da pequena Gabriela, mas sem sucesso. Em razão da urgência, o tenente Lira realizou a Manobra de Heimlich, para desengasgar e liberar as vias aéreas da criança no próprio local. Foram duas tentativas mal sucedidas. “Eu sou pai e pensei logo em meu filho. Foi angustiante ter a vida dela em meus braços, eu tinha que salvar, não pensei em desistir”, contou o policial militar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na terceira tentativa, a bebê expeliu o objeto para o alívio da mãe, Rita Pires, e todos os outros presentes. Gabriela já tinha voltado a falar e sorrir normalmente. Em seguida, os familiares foram aconselhados a levarem a bebê a um médico, para avaliação.

Os pais contaram aos policiais que, no momento em que ela começou a ter dificuldade respiratória, estava brincando. A suspeita é que a menininha tenha engolido alguma peça de brinquedo. “As crianças estavam brincando na sala e eu, meu irmão e minha cunhada estávamos na mesa de jantar. Quando vimos, ela estava engasgada, tentamos resolver e não conseguimos, então saímos em busca de ajuda. Desespero total, eu só chorava”, relatou a mãe.

Mais tarde, refeita do susto, Rita publicou nas redes sociais um agradecimento emocionado aos policiais e a todos que se envolveram e ajudaram: “Nunca vou ter palavras para agradecer. Vocês foram anjos na vida de minha filha!”.