Polícia confirma dois mortos e seis feridos após tiroteio em Pernambués; suspeitos filmaram execução

Fonte: Aratu Online

Em Pernambués, segundo relato de testemunhas, vários homens armados chegaram na região já atirando

A Polícia Militar confirmou que duas pessoas morreram e outras seis ficaram feridas após o intenso tiroteio no bairro de Pernambués, em Salvador. O caso aconteceu na noite de domingo (11/4), praticamente no mesmo horário que outro atentado parecido acontecia na Boca do Rio. No total, juntando as duas ocorrências, quatro vítimas não resistiram aos ferimentos e nove foram socorridas para hospitais.

Em Pernambués, segundo relato de testemunhas, vários homens armados chegaram na região já atirando. Houve pânico e correria. Áudios disseminados no WhatsApp mostram o medo de quem presenciou tudo. Um homem e uma mulher, que não tiveram os nomes revelados pela Secretaria da Segurança Pública, morreram na hora. Os bandidos chegaram a filmar a execução de uma das vítimas e também publicaram nas redes sociais.

Policiais da 1ª Companhia Independente (CIPM) foram acionados e isolaram a área do caso. Ficaram feridos na ação Filipe dos Santos Mota, de 26 anos, Leandro Menezes de Oliveira, 30, Antônio Carlos Bispo dos Santos, 42, Antônio de Jesus Cruz, 38, Alexsandro Pereira, 35, e Pedro Ramon Figueiredo da Costa, 38. Todos foram encaminhados para o Hospital Geral do Estado e não há informações sobre evoluções clínicas.

O policiamento foi reforçado em Pernambués com emprego de outras duas Companhias Independentes (Pau da Lima e Tancredo Neves), além do Batalhão de Choque e Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Central). A tentativa de chacina está sendo investigada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

OUTRO CASO

Na Boca do Rio, os bandidos, que mataram dois homens da mesma família, segundo os moradores, atuam no tráfico de drogas da região. Os baleados, no momento da ação, estavam se divertindo em um bar, na Rua João Carlos Sacramento, quando foram surpreendidos pelos atiradores que chegaram em um carro e duas motocicletas.

O “chapista” de autos, Vivaldo José dos Santos Neto, morreu no local. A outra vítima fatal, Marcelo Nascimento, era marido da tia de Vivaldo. Ele estava internado e morreu, na manhã desta segunda (12/4), no hospital.

Segundo informações de um amigo da família, a esposa do chapista, Cleilane dos Reis Souza, também ferida, recebeu atendimento médico e já está em casa.