Homem é preso suspeito de mandar matar a ex-companheira no sudoeste da BA; mulher sobreviveu ao se fingir de morta

G1-BA

Um homem suspeito de mandar matar a ex-companheira em outubro de 2020 foi preso temporariamente na manhã desta sexta-feira (29) em Jequié, sudoeste da Bahia. De acordo com informações da polícia civil da cidade, o homem é investigado por outra tentativa de feminicídio, em 2010.

Segundo informações divulgadas pela Polícia Civil da cidade, a ex-companheira do preso sobreviveu ao ataque a tiros após se fingir de morta. Ela foi atingida pelo tiro na região do maxilar.

A polícia detalhou que no dia 23 de outubro de 2020, dois homens contratados pelo ex- companheiro da vítima, chegaram de moto em uma localidade conhecida como Jequiezinho, na cidade, e atiraram contra ela. Ao acreditarem que tinham concluído o “serviço” eles deixaram o local. Esses homens já foram identificados, mas ainda não foram presos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durante as investigações, os policiais descobriram que a mulher já era ameaçada pelo homem que foi preso, pois ele não aceitava o término do relacionamento.

Além disso, o homem suspeito de mandar matar a ex-companheira já tinha sido indiciado, em 2010, por ter sido mandante de outra tentativa de feminicídio. Na ocasião, de uma ex-namorada, com quem tem uma filha. Ela também sobreviveu.

Além da prisão, foram feitas buscas e apreensão na casa, no local de trabalho e no carro do homem preso.

A tentativa de feminicídio está sendo investigada pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jequié.