Coronel afirma que atraso na chegada da vacina pode comprometer envio aos municípios baianos

Fonte: Bocão News

A Bahia recebe do Ministério da Saúde nesta segunda-feira (18), com previsão para 22h03, na sede do Graer em Salvador, 376,6 mil doses da CoronaVac, vacina contra o coronavírus. A expectativa inicial das autoridades baianas era que a carga chegasse às 8h50 desta manhã, depois foi alterado para 18h.

Em conversa com a imprensa, o Coronel da Polícia Militar, Xavier Filho afirmou que está tudo pronto na capital, mas a depender do horário de chegada pode comprometer o envio aos municípios da Bahia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Estamos preparados, em condições. A gente quer que venha logo para distribuir, mas também não causa nenhum transtorno porque o material humano está em condições. Se chegar esse horário (22h) vamos avaliar até qual município poderemos distribuir, para não fazer a operação de forma açodada e comprometa a segurança da operação. Se todos os municípios puderem receber a gente manda de madrugada”. Ele explicou, ainda, que um dos fatores que pode comprometer é a iluminação de aeroportos. Se o aeroporto tiver condições de recepcionar as aeronaves a gente coloca, senão não pode. Só a partir da primeira luz do sol. Tem que decolar daqui (Salvador) de dia”, explicou.

As doses devem ficar no Graer (Grupo de Rádio Patrulhamento Aéreo) caso não possam embarcar para os municípios. São mais de 100 homens na operação.

A vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e produzida no Brasil pelo Instituo Butantan, em São Paulo e foi aprovada pela Anvisa. A quantidade, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, é suficiente para vacinar apenas 2,5% da população do estado. O início da vacinação em Salvador será nesta terça, às 7h.