Desembargadora alvo da Faroeste tem prisão temporária convertida em domiciliar

Fonte: Varela Notícias

A desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) Lígia Ramos conseguiu reverter sua prisão temporária em domiciliar após determinação do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A magistrada foi um dos alvos da Operação Faroeste, na última segunda-feira (14).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O argumento utilizado para a conversão foi de que a desembargadora foi submetida a uma cirurgia nos últimos dias e ainda estar se recuperando do procedimento.